quinta-feira, Abril 05, 2012

Da série “A Fenomenologia do Ser”¹ [13]

A saga dos subsídios de férias e de natal expõe aos olhos de todos a má-fé que caracteriza a atitude política de PPC, e que, aliás, já contaminou o resto dos governantes.

Se PPC tivesse lido o que disse que leu, mas não leu, teria aprendido, hélas, que:
    … cette mauvaise foi, destinée à combler le néant que je suis dans mon rapport à moi-même … [e que] le projet de mauvaise foi doit être lui-même de mauvaise foi … pour autant que je pouvais l'être, je l'ai toujours été.
        Sartre, L'être et le néant, Essai d'ontologie phénoménologique, pp. 79,103
    Afonso
________
¹ Obra filosófica que o actual primeiro-ministro afirmou ter lido na sua juventude, desde então, perdida.

2 comentários :

Anónimo disse...

Quer-me parecer que, pelo que me vou apercebendo,este cromo, em termos de leitura, não deve ter ido muito alem do Povo Livre ou do programa do partido. Nota-se à légua, a sua erudição e "koltura" são notáveis!!!

Anónimo disse...

A "koltura" revela-se também a cada passo do discurso, erros gramaticais que se fosse o Jorge Jesus[s/ofensa para este]seriam alvo de chacota.