quarta-feira, julho 30, 2014

A direita em campanha


1. Durão Barroso montou o circo em São Bento: «Vinte e seis mil milhões de euros é uma pipa de massa…» Referia-se ele aos fundos do próximo quadro comunitário. Esqueceu-se de referir que esta pipa de massa é inferior às verbas recebidas no anterior quadro comunitário (QREN). Esqueceu-se também de fazer alusão ao facto de Portugal ser um contribuinte líquido da União Europeia.

Mas uma coisa é certa: Barroso ainda não desistiu de ser candidato presidencial. E, aparentemente, aprendeu com a derrota nas eleições internas do PSD (em 1995). Agora, Barroso faz questão de ser ele a entregar o cheque, copiando o estilo seguido por Marques Mendes para preparar, nos anos 90, a tomada da São Caetano por Fernando Nogueira.

2. Passos Coelho deu hoje o mote para as eleições legislativas: a economia não pode estar na mão de «meia dúzia de grupos económicos ou sociais». O governo que decidiu, por sua conta e risco, «ir além da troika», o governo do bodo aos ricos com a reforma do IRC, o governo que liquidou milhares de pequenos e médios empresários («Esta selecção natural das empresas que podem melhor sobreviver está feita»), o governo que impôs uma austeridade que atirou centenas de milhares de portugueses para o desemprego, este mesmo governo vai agora inverter a situação. É o regresso do rapaz humilde de Massamá.

6 comentários :

Anónimo disse...

A direita em campanha é ainda mais perigosa . Viram a abertura do jornal da noite da TVI? "Sócrates é suspeito no caso Monte Branco" para logo de seguida lerem um desmentido vindo da PGR. Contudo, segundo lí por aí, a TVI já tinha o desmentido da PGR mas preferiu, mais uma vez, fazer tiro ao Sócrates. Jornalismo de sarjeta feito por jornaleiros manhosos.Lamentável estarmos entregues a esta corja, vendida aos Angolanos e aos restantes DDTs.

Anónimo disse...

O problema é que, infelizmente, a estratégia funciona.
Mas, entretanto, o Tocador de Ferrinhos cala-se quando devia falar; mas para atacar o próprio PS, está prontinho. Agora parece que se refugiou em Penamacor para meditar e atacar a corte de Lisboa. Se alguém pensa que se vão ver livre dele, desenganem-se. Ele não deu o golpe de estado aos estatutos do PS em vão !Mesmo que perca, fica!

ESilva disse...

Nestes últimos três anos a direita roubou aos portugueses mais do que vão receber da Europa. Ainda vem este imbecis falar numa "pipa de massa". Que tristeza!

Anónimo disse...

O que será que estes andam a tramar???????
Está a falar muito grosso este Barroso...

Fim da linha disse...



P O R C O S !


G A T U N O S !


J A V A R D O S !

Anónimo disse...

Como ontem ouvi alguém dizer, este gordo parece mesmo o representante do imperador (esta UE) a distribuir dinheiro para calar a pátria. E com conversa de Padrinho parolo ("uma pipa de massa!")...
Um traidor. Noutros tempos, no final de toda esta história, seria fuzilado.
Pote de esterco.