quarta-feira, novembro 12, 2014

Santana Lopes: «A Ana Lourenço diz que não deixa de ser estranho
que o Governo que aumentou tantas taxas critique esta:
assino por baixo.»

    «Está a falar com um ex-Presidente de Câmara e ex-vereador. (…) Onde é que um presidente de Câmara pode inventar receita nos tempos que correm? (…) O que eu estranho é que esta questão está em tratamento em Lisboa para aí há quatro ou cinco anos. (…) Havia um consenso quase generalizado na altura. (…) A questão em si, um euro por entrada, (…) não acho que seja por isso que o turismo seja afugentado. (…) Não acredito que tenha efeito no turismo. (…) Não acho que seja por um euro que a galinha se constipe. (…) A Ana Lourenço diz que não deixa de ser estranho que o Governo que aumentou tantas taxas critique esta: assino por baixo.»

5 comentários :

james disse...

Santana Lopes está a preparar-se para ser o candidato da direita à Presidência da República e aproveita para fazer charme ao centro.

Anónimo disse...

È charmoso - mas, ele engata é na Mexicana

RFC disse...

Miguel, o que é este post cheio de citações e reticências? Pode-se alegar objecção de consciência, please? Ontem, a SIC N estava em ruído de fundo e assim se manteve durante o soporífero momento do António Vitorino & PSL com aquele tom de chorinho feliz. Só vi que a Ana Lourenço estava com um look capilar balzaquiano, isso ainda vi. Quanto ao resto, saibam os senhores da audiometria que eu sou daqueles que perante o PSL não mexe nem uma palha para usar o telecomando. Sobre a reaparição de PSL com a Ana Lourenço, só o verei se o CC postar novamente a chegada do Mourinho ao aeroporto. Este sim foi um grande momento de glória profissional, ai se foi.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Gostava de saber porque é que ainda nenhum jornalista perguntou ao Adolfo Mesquita Nunes a opinião dele sobre as taxas. Se o rapaz não mudou de opinião, as pessoas iriam ficar surpreendidas com a resposta.

Anónimo disse...

Vocês usam mesmo tudo! Até o Santaninha! Mas então ele agora já diz coisas com sentido, é? Vocês são tramados. Não se p+reocupem que daqui a menos de um ano o povo português tratará dos partidos deste governo. Continuem o bom trabalho e obrigado!