terça-feira, novembro 25, 2014

Sócrates «está muito confiante, muito bem»

14 comentários :

Anónimo disse...

Ainda não é desta que o mandam abaixo.

Fernando Romano disse...

Vivemos em clima de guerra civil: só faltam as armas. Nós defendemos os nossos com garra, sem hesitações, em todas as circunstâncias.

soudocontra disse...

Estou nessa Fernando Romano. Vamos a isso!!!
MCTorres

Anónimo disse...

http://www.slobodan-milosevic.org/int-FNC01.htm

Milosevic bem na prisão: «I feel fine, you know I'm here in the jail, the so-called "prison"»

Naquela altura ainda não o tinham deitado abaixo.

Carlos Fagundes disse...

Ui, tantos fanfarrões da escrita. É tão fofinho ser um galifão de crista, mas quando se pede que passem da escrita às acções, todos têm umas couvinhas para ir regar.
Haja vergonha, que parece que é coisa que falta nas viuvinhas do Sócrates.

Gungunhana Meirelles disse...

A prioridade número um é fazer levantar o segredo de justiça e todos os esforços deviam ser concentrados nesse sentido.

Anónimo disse...

Assassinaram politicamente o melhor primeiro ministro de Portugal, aquele que tudo fez para impedir a vinda da troika, incluindo um acordo co PPCoelho, e aquele que nada fez para por em causa contracto social de um povo trabalhador e sofrido, que merece respeito, um acordo que equilibrava o capitalismo em Portugal. Montaram e serviram uma guerra de rapina internacional, e agora lançaram mais uma guerra suja. Humilharam, silenciaram, prendera e irradiaram para Évora, um cidadão notável deste pais em nome da justiça. Como se de um perigoso criminoso se tratasse, e não de um homem do seu tempo, um homem de visão e causas, um tempo perigoso que exige coragem, resistência e sabedoria. Os que desdenham uma população triste e empobrecida, os que só esmifram este povo e vivem o poder como uma espada do mal, decretaram a morte civil de um lutador pela democracia e de um servidor da causa publica. Com erros? Talvez, não sabemos. Mas quem vilipendia e atira as pedras?

2.500.000 pessoas votaram em José Sócrates. Gente adulta. de muitos quadrantes.

Vamos escrever cartas a José Sócrates e vamos exigir que lhas entreguem - mesmo depois de violadas? nada temos a esconder e temos muito a dizer.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Zé de Faro disse...

O neoliberalismo,essa versão do fascismo sem Pátria e sem Deus, teria inevitavelmente de criar a figura do preso político. Aí está ele, o preso político nº 44. Não foi para o Tarrafal, nem para Peniche, nem para Caxias. Foi para Évora.Não lhe dão porrada, não lhe dão choques elétricos, não lhe dão com cigarros na pele?Dão! Dão-lhe com a fuga ao segredo de justiça, dão-lhe com os jornais e as televisões, dão-lhe com todos os canalhas do circo mediático, dão-lhe com a «grande preparação técnica» do procurador e do juiz.Quando a indignação crescer até ao insuportável, vamos a Évora libertar o preso político nº 44, o nosso querido camarada José Sócrates.

Lobo disse...



Vai-lhes saír o tiro pela culatra.

Anónimo disse...

Marquem uma visita de domingo. Eu direi presente.

Anónimo disse...

"quais são mesmo os fundamentos para a prisão preventiva? Ai sim? Há 3? Ora bolas...epá meta todos, que se lixe, depois logo se ve que história inventar para que batam certo"

Escuta efectuada a Carlos Alexandre e a Rosário Teixeira no passado fim de semana, antes de anunciadas as medidas de coação.
Estamos até hoje à espera da história para que batam certo. Esperemos sentados.

Vesúvio disse...



Sim!

Todos a Évora no próximo Domingo!

Rosa disse...

Estarei em espírito!