segunda-feira, fevereiro 11, 2008

Agarra que é ladrão…

Paulo Pinto de Mascarenhas é uma fraca figura que faz parte da criadagem do Dr. Portas. Ideologicamente, já foi tudo e mais alguma coisa: agora, como o amo, é liberal. Politicamente, tem vindo numa correria louca, atrás do Dr. Portas, desde a extrema-direita até ao “centro-direita”. Não se sabe onde acabará.

Profissionalmente, o Mascarenhas vagueia de acordo com as conveniências e as possibilidades do chefe: já comeu à mesa do Orçamento do Estado como assessor de Paulo Portas. Sublinhe-se que não foi assessor do ministro da Defesa, mas do ministro de Estado, uma espécie de cargo honorífico. Poderá, de resto, gabar-se de ter sido assessor do único ministro de Estado que teve assessores em toda a história da República. A sua função ficou registada em livro: animador do blogue O Acidental.

Agora, o Mascarenhas move-se pelas bandas do desemprego oculto: dirige a fabulosa revista Atlântico, cujos posts em papel são lidos religiosamente por uma falange de dois mil bloggers. A Atlântico — a revista e o blogue — é composta por uma redacção versátil, mas não tão versátil que lhe permita escrever sobre assuntos tão extravagantes como sobreiros, submarinos, blindados, casinos and so on. É possível também que, por mera distracção ou por estar concentrada na procura de armas de destruição massiva no Iraque, a equipa de Mascarenhas ainda não tenha tido oportunidade de falar nas patifarias da “iniciativa privada” no BCP. Ou da operação Furacão.

Em todo o caso, o Tiago Mendes estará em melhores condições do que eu para falar da liberdade de expressão no blogue do Mascarenhas.

O Francisco Almeida Leite é outro rapaz diligente. Mas nestas coisas de dar despacho aos press releases exige-se mais do que transpiração. O grupo folclórico de Marques Mendes parece que terá cortado relações com o FAL, porque este foi pouco subtil no apoio dado a Menezes nas últimas directas no PSD.

A história repete-se agora, depois de Santana ter enxotado dos Passos Perdidos o ex-assessor de imprensa de Carmona Rodrigues que António Cunha Vaz queria pôr a tutelar o menino-guerreiro. Ainda hoje, o FAL dá o seguinte título a uma nota no DN (sem link) sobre Santana: “Diz que é uma espécie de líder partidário”. Estou a antever o Pedro Pinto, quando a mostarda lhe chegar ao nariz, a mandar uma pantufada no pobre FAL, cumprindo a sua função de guarda-costas.

Ao contrário do Mascarenhas, que se faz acompanhar de intelectuais (e até pôs Vasco Pulido Valente a distribuir relógios Jeep e agendas Moleskine), o FAL não é homem para perder tempo com ideologias: é mais terra-a-terra.

São estas duas criaturas que andam por aos guinchos: “Agarra que é ladrão…” Francamente, com estes curricula, antes o furibundo Luís Pedro, que representou tão bem o papel de que o Dr. Fernandes o incumbiu que já pode ser considerado um Homem Sonae.

20 comentários :

james disse...

Bem esgalhado!

"Agora, como o amo [...]", diz o psitaciforme para o outro.

E zás! Toca de lhe arrancar umas penas...

Não tarda muito JPP vai citar mais esta fábula de La Fontaine...

tric disse...

“Agarra que é ladrão…”

e deixem o aldrabão do nosso primeiro em paz !!

Trovisco disse...

Viva Socrates. Continua a ser fiel ao programa sufragado pela maioria dos portugueses. So há este caminho democratico.
Os ratazanas de sarjeta continuam com a lingua afiada de veneno, são uma cambada de cobardolas e orfãos sem eira e beira.

rita disse...

Miguel e Abrantes, mostrem as carinhas, vá lá.

Apresentem-se. O público (e o Público) já merece!

Paulo Pinto Mascarenhas disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Edie Falco disse...

Onde é que eu vi isso do "Ornitorrinco"?

http://www.fflch.usp.br/sdi/imprensa/print/2003/p026_2003.html

Miguel Abrantes disse...

Vá lá perceber-se por que o Mascarenhas escreveu este comentário que depois apagou:


Paulo Pinto Mascarenhas deixou um novo comentário na sua mensagem "Agarra que é ladrão…":

Sim, o cobardolas do "Abrantes" podia dar o focinho pelos serviços que presta. Engraçado que estou a reconhecer o estilo yes man que sempre o caracterizou. O que diz sobre mim é o retrato de si próprio, ao serviço do ministro a que lambe as botas. Ou ao secretário de estado que ficou.



Publicada por Paulo Pinto Mascarenhas em Câmara Corporativa a Seg Fev 11, 10:52:00 PM

Zeca Eirô disse...

Também li esse comentário agora apagado. Julgo que PPM apagou-o por configurar um retrato fiel do seu autor.

tric disse...

comparação de socrates e chavez em relação à comunicação social

-Publico está a fazer uma campanha vergonhosa contra o primeiro- ministro. a razão: -por causa da PT

-Globovision (a unica televisão privada que não está alinhada com hugo-chavez) está a fazer uma campanha vergonhosa contra hugo chavez. a razão - está alinhada com o imperialismo e com Alvaro Uribe da Colombia

"El director general de Globovisión, Alberto Ravell, dijo este lunes que continuará trabajando pese a la posibilidad de que el gobierno de Hugo Chávez decida cerrar por la fuerza ese medio televisivo.(...)
http://www.globovision.com/news.php?nid=78608

alguns metodos pra socrates introduzir na famosa ERC

http://www.megaresistencia.com/portada/content/view/1448/1/

Anónimo disse...

Numa reunião com o Presidente da Suiça, o primeiro-ministro português apresentou-lhe os seus ministros:
-Este é o ministro da Saúde, este é o ministro dos Negócios Estrangeiros, esta é a ministra da Educação, este é o ministro da Justiça, este é o ministro das Finanças...
Chegou a vez do Presidente da Suiça: - Este é o Ministro da Saúde, este é o Ministro dos Desportos, este é o da Educação, este o da Marinha ...
Nessa altura, com ar emproado, José Sócrates começou a rir:
- Ha! Ha! Ha!.... Para que é que vocês têm um Ministro da Marinha, se o vosso País não tem mar?
O Presidente da Suiça faz um ar digno e respondeu:
- Não seja inconveniente. Quando você apresentou os seus ministros da Educação, da Justiça e da Saúde, eu também não me ri.-

Anónimo disse...

Como se faz um Ministro

1 nota de 5 euros
1 dose de falta de carácter
1 dose de ganância
1 dose de mentira
1 pitada de merd...

Obs.: Não exagerar na merd.., senão você faz um 1.º Ministro

Anónimo disse...

Segundo as estatisticas cerca de 2 milhões de pessoas são ou podem ou deviam ser potenciais clientes dos transportes públicos ( ferroviários, rodoviários e fluviais) na Área metropolitana de Lisboa. Destes e segundo os dados estatisticos apenas o são, ceerca de 750 mil, o que quer dizer que, diariamente, cerca de 1,25 milhões de pessoas não utilizam o serviço de transporte público por este não lhe dar um minimo de condições para o utilizar.
No entanto nós pagamos com os nossos impostos um serviço que não serve a comunidade, um serviço publico que não tem qualidade, não tem segurança, não tem comodidade, nem serve o interesse das populações, que se veem obrigadas a utilziar o automóvel.
QUANTO CUSTA:

800 milhões de euros de prejuizo por ano

14 mil milhões de euros de endividamento em 2007 ( aumenta cerca de 1,2 mil milhões de euros por ano)

Apesar desta catastrofica situação nenhuma medida foi tomada para saneamento desta situação. PORQUÊ?
Será que a Engª Vitorino, o Engº Viegas a TIS a CESUR não serão responsabilizados?

Anónimo disse...

Esta é a razão , sem curriculum, sem capacidade de gestão mas "amigos da engªa vitorino" Ela em quem manda .... e nós pagamos!


Nos termos do artigo 10.º dos Estatutos da CP - Caminhos de Ferro Portugueses, E. P., aprovados pelo Decreto-Lei n.º 109/77, de 25 de Março, conjugado com o n.º 4 do artigo 27.º do Decreto-Lei n.º 558/99, 17 de Dezembro, os membros do respectivo conselho de gerência são nomeados e exonerados por resolução do conselho de ministros, sob proposta do membro do Governo responsável pela área dos transportes.
Considerando que os actuais membros do conselho de gerência foram nomeados nos termos da Resolução do Conselho de Ministros n.º 103/2004 (2.ª Série), de 27 de Outubro, da Resolução do Conselho de Ministros n.º 73/2005 (2.ª Série), de 9 de Dezembro, e da Resolução do Conselho de Ministros n.º 75/2006, de 4 de Agosto, terminaram o seu mandato em 23 de Setembro de 2007, torna-se necessários proceder à nomeação de um novo conselho de gerência.
Foi ouvida a comissão de trabalhadores da CP - Caminhos de Ferro Portugueses, E. P.
Assim:
Ao abrigo do disposto no n.º 4 do artigo 27.º do Decreto-Lei n.º 558/99, 17 de Dezembro, conjugado com o artigo 10.º dos Estatutos da CP - Caminhos de Ferro Portugueses, E. P., e nos termos das alíneas d) e g) do artigo 199.º da Constituição, o Conselho de Ministros resolve:
1 - Nomear, sob proposta do Ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, o licenciado Francisco José Cardoso dos Reis, o Mestre José Salomão Coelho Benoliel, o licenciado Paulo José da Silva Magina, o Prof. Doutor Nuno Alexandre Baltazar de Sousa Moreira e o licenciado Ricardo Manuel da Silva Monteiro Bexiga, respectivamente para os cargos de presidente e vogais do conselho de gerência da CP - Caminhos de Ferro Portugueses, E. P.
2 - Estabelecer que a presente resolução produz efeitos a partir da data da sua aprovação.
10 de Janeiro de 2008. - O Primeiro-Ministro, José Sócrates Carvalho Pinto de Sousa.

Anónimo disse...

O Bexiga de Gondomar? Ex vereador PS?
Claro, os amigos são para as ocasiões.

Anónimo disse...

E uma resposta à malta que te chamou floribela, quando é que tens tomates para ela, Miguel?

Nuno Castelo-Branco disse...

Neste crepuscular fim de regime, o mais desagradável é a sua degeneração num combate sem tréguas, como se de náufragos à procura de manter o lugar na jangada.
É tempo de cinzas.

Anónimo disse...

Miguel, prepare a sua a Declaração de IRS 2007

Lembre-se que tem como dependentes, para além dos descendentes e ascendentes directos, muitos outros.

Para lhe dar uma ideia aqui vão alguns dos Dependentes a incluir na sua declaração.

01) Presidente da República e assessores + Palácio de Belém;
02) Governo e assessores ;
03) Câmara Municipal de Lisboa e assessores;
E MAIS UNS MILHARES DE ADMINISTRAÇÕES DE EMPRESAS, INSTITUTOS, OBSERVATÓRIOS, INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS, ETC…
Tais como:
04) EPAL;
05) EDP;
06) REN;
07) GALP;
08) CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS;
Etc…

UMA LISTA , QUASE INFINDÁVEL DE DEPENDENTES QUE SOMOS OBRIGADOS A SUSTENTAR...
Já, agora, alguém que me explique por favor o seguinte:
Em 2002 um barril de petróleo custava 70 Dólares, o que equivalia, a grosso modo, a 77 Euros.
Hoje ele custa 100 Dólares, o que equivale, sensivelmente, a 70 Euros.
Como é que se pode dizer que o petróleo subiu de preço?

Zé Dias da Silva disse...

O melhor o MA é o seu carácter.
Prova disso é ele ter publicado um comentário que o seu autor não quis publicado!
Vá lá que não o esconde.

Anónimo disse...

Ele devia era não esconder a sua verdadeira identidade.
Tou farto de tar a sustentar sangue-sugas sem que lhes possa, ao menos, ver a cara.

Anónimo disse...

um blogue que mais não é que a voz do dono a fazer críticas destas não deixa de ter piada...