quarta-feira, Janeiro 12, 2011

Lost in translation — o patriotismo e a responsabilidade



A garotada do Caldas acaba de pedir a adesão em grupo ao Clube dos Amigos do FMI. Em inglês e perante a CNBC, um órgão de comunicação social de repercussão global, a deputada Teresa Caeiro, em vésperas de lançamento no mercado de dívida pública portuguesa, numa operação crucial para o país, transmite ao mundo a ideia de que Portugal é um país politicamente instável e sem crédito, ao afirmar a probabilidade de existir uma moção de censura depois de Maio.

Um dia destes, a extrema-direita parlamentar ainda tem um ataque de nervos em directo.

5 comentários :

Anónimo disse...

totalmente parola: a sua grande oportunidade de dar uma entrevista em inglês e só demonstra incontinencia verbal (o que não é novidade nela). Os jornalistas da CNBC também não sei onde aprenderam: recolhem um depoimento de uma personagem secundária... e que nem sequer é do PSD (até se percebia se fosse do PSD).
Alberto Caeiro

Anónimo disse...

tudo candidatos ao museu nacional do traste. acho que é mais clube bdsm pela maneira como se excitam.

Anónimo disse...

o sr. fénix está a bagonar inteligência no cérebro da galinha, pra ver se renasce perua.

Nuno disse...

De facto uma deputada do CDS??? Ainda se fosse do PSD!
É de bradar aos céus qdo afirma "nevermind the international crisis......." Um autêntico corte para canto da crise internacional! Fantástico!

Anónimo disse...

a foto mostra o momento da ungição