domingo, Outubro 16, 2011

Da série "O homem sem qualidades"



A ‘justificação’ que ontem PPC deu para o ataque sem precedentes aos funcionários públicos pôs em evidência duas ou três coisas muito interessantes sobre a personagem:
    • Que é um sujeito ignorante e a dar para o estúpido – o que não é de admirar no titular de uma licenciatura manhosa tirada tardiamente, e à pressa, numa universidade manhosa;
    • Que é um sujeito de mau carácter, vingativo e destituído de consciência moral – o que não é de admirar em quem sempre teve empregos de favor em grupos que nasceram e cresceram à sombra do compadrio político;
    • Que é um sujeito com um estilo MacCartista de liderança que o leva a apostar tudo na invenção de inimigos internos, na exploração do ódio e da inveja social.
Mas este é um tema para os próximos capítulos.
    Afonso

19 comentários :

Anónimo disse...

Segundo li no Expresso, uma das razões foi a de que os Funcionários Públicos NÃO fazem parte da base de votantes no PSD, o que é uma brilhante justificação. Apetece começar à dentada por causa da raiva que se sente nos dentes, como diz o Nicolau Santos.

Anónimo disse...

Se dermos uma breve passagem de olhos pela blogosfera liberal e pelos colunistas costumeiros, ao mesmo tempo que se branqueiam as campanhas de indignação (comparem a glorificação dos 120000 prof.s em Lisboa, a cobertura da manif dos indignados de 12 de Março com a de 15 de Outubro e do "clima de insegurança" no verão de 2009, 2010) as arrastadeiras que ficaram de fora da lista de assessores do poder abriram a caça ao funcionário público. Por isso o que me interessa saber é só isto: os titulares de cargos políticos (ministros, deputados, etc.) e a cambada que anda a arrastar os iPad.s e fazer powerpoints nos ministérios também vão levar no pelo em 2012 e 2013?

Anónimo disse...

E é um tema muito interessante. Em Vila Real nem todos estão contentes e confiantes nas proezas do filho da terra. É voz corrente, em quem o conhece de longa data, que sempre foi uma criatura muito insegura e influenciável. Desde os tempos em que deu umas aulas na escola em Vila Pouca,tinha então 18 anos...
Ângelo Correia não terá tido grande trabalho a moldá-lo à sua maneira. Mas, como na ficção, talvez o resultado tenha saído demasiado perfeito!
Que terá o Ângelo a dizer sobre estas imbecilidades políticas?

Anónimo disse...

Não é preciso ser grande druida para ver que o moço é um pau mandado e que governa esta treta toda... é Belém e o padrinho Ângelo...O rapaz, sabe umas coisitas que aprendeu e mal lá na "J".

Fernando Romano disse...

Ora bem....

Este tipo, mai-lo seu chefe Miguel Relvas é assim que têm de ser desmascarados, asinha que se faz tarde. E há muito para desmascarar.

Milhares de famílias portuguesas estão completamente destroçadas, enchem-se de vergonha por um país que amam, e amam tanto o seu país que, na miséria, impotentes, até têm vergonha de si mesmos e de se revoltarem contra esta cambada que se armou dos piores crápulas para ofenderem diariamente a dignidade de centenas de milhares de cidadãos com mentiras a exigir resposta rápida. O que leva muitos a sofrer ainda em silêncio é o seu sentimento de responsabilidade e amor pelo nosso Portugal, que é do povo, foi ganho pelo povo, edificado pelo povo, que alimentou e formou estas falsas elites de ranhosos que logo traem quem os pariu.

Portugal é vítima do capitalismo selvagem internacional.

Estes facínoras mentiram, aldrabaram, e, com a ajuda de jornalistas, comentaristas como MRSousa, tomaram o governo de Portugal, como tomavam as concelhias do seu partido. Esta é que é a verdade. Eles ganharam o poder em S. Bento pelos mesmos métodos que ganhavam as organizações locais do seu partido, como antigamente se recrutavam os bandos épicos, na base da garantia do esbulho e dos despojos. Foi isto que eles fizeram. E conseguiram, por paradoxal que pareça, ganhar o poder sem terem ideia nenhuma do que íam fazer e das complexidades da política, economia e movimnentos internacionais do momento.

Eles revelam desnorte e estão a regressar a José Sócrates, para que não haja tempo de reflexão e serem desmascarados pelo auto-de-fé que lhe moveram.

Se é certo que tenho de me conformar com a decisão democrática, é verdade que eles são um conjunto de bandos de malandragem, de aldrabões sem escrúpulos.

E é preciso denunciar com firmeza o PCP e o BE junto do povo, pelo seu abandono da responsabilidade, pelo seu aventureirismo, como trapalhões e cambada de peque-burgueses, traidores dos interesses de Portugal e dos portugueses.

Coisa mais ridícula e patética do estúpido e institucionalizado Jeronimo de Sousa (esse coisa repelente), que, depois do que fez, conscientemente, se tenha saído há dias com esta no Parlamento, dirigindo-se ao Farsolas do P.Ministro:

-"O senhor não sabe o que é a vida"....

Parecia um mau actor amador, estilo estereotipado, survendo o lábio inferior, desenhando uma expressão de desgraçado, olhar de idosa indignada.

Julgo que terá dito depois:

-Dê-nos uma esmolinha.... - por favor!

Mas o pulha político, para não haver dúvidas do que vem mercadejando, apressou-se a corrigir:

-"O senhor (desculpe lá...) já se parece com Sócrates!"

E o PS não reage.

Ao que isto chegou!!!!

A democracia portuguesa representativa se não pifou já, pouco falta. Para mim pifou no dia 5 de Junho. O povo já não se sente representado.

Tenho esperança de que o PS se reerga determinado sem complexos (porque não tem de os ter) e lider a chamada "indignação" geral em nome dos valores da democracia, do povo, da pátria contra esta canalha. Em nome da Esquerda portuguesa, democrática, pluralista rumo ao progresso.

É imperativo que o Partido Socialista venha para a RUA, e entendam isto como quiserm, pelo menos como metáfora.

E pode fazê-lo, defendendo o Memo. que assinou com a troika.

Temos, parece-me, um dirigente socialista a emergir e se eu fosse o Dr. Seguro, sem deixar de ser Sec. Geral do PS, projetava este homem para futuro Primeiro Ministro de Portugal.

Portugal está a afundar-se. Ou o PS assume o seu papel ou podemos muito bem acabar todos à porrada - o que seria uma tragédia e talvez o profeta do barrete venha a ter razão.

A hora é de desabafo - e de alguns exageros panfletários, admito...

PORTUGAL VENCERÁ!

RAlves disse...

Nem tanto me interessa que seja publicado este comentário, mas sim que o seu autor o leia. Que depois da governação de Sócrates e de tudo o que representa e daí resulta, este post é de uma desfaçatez e de uma desonestidade intelectual própria de quem, sabendo o que a sua casa gasta, está desejoso de poder imputar a outros a mesma "falta de qualidades" que possui. Não é por acaso que todos os pontos aqui enumerados sejam semelhantes às acusações feitas a Sócrates. Tenham vergonha. Bom, isto é um pedido impossível, porque os últimos anos assim o mostram, bom senso e consciência não existem actualmente no PS.

Anónimo disse...

Pela descrição, lembrei-me logo de outro sujeito. Então o primeiro item, é tal e qual.

Von

Anónimo disse...

Vocês deviam ter vergonha. Mas isso é pedir muito.

Maria rita disse...

Vergonha deviam ter voçes,que tomaram de assalto o poder com mentiras e com assaltos a bancos mais a Madeira a agravar o deficit.Em 2008 Socrates governou tão mal que ganhou as eleiçoes novamente mesmo com campanhas negras. Diga ao seu patrono para apresentar os numeros da divida.Ganhe juizinho,para não dizer asneiras...

Anónimo disse...

blablabla, Socrates pode ser o maior crápula e tal mas nunca tirou subsidio de natal e de férias a ninguém para justificar um buraco que até hoje não conseguiu explicar de onde vêm e que a UE já se encarregou de dizer que não existe aqui: http://economico.sapo.pt/noticias/bruxelas-atribui-desvios-de-2011-a-madeira-e-a-crise-europeia_129053.html
Quem devia ter vergonha são os assessores desprovidos de educação(ou mãezinha que lhes tivesse dado uns bons tabefes na cara ) que para aqui vêm comentar.

Anónimo disse...

vomito

.:GM:. disse...

A partir do momento em que ainda há quem defenda o Sócrates e a sua política, todo e qualquer argumento cai por água abaixo, pois não existe argumento que resista à ignorância.

Anónimo disse...

Por muito que a comunicação social o tente branquear, Passos Coelho um dia vai acordar todo "negro". Da mesma cor que ele escolheu para pintar o "futuro" desta espécie de País, que de momento vale o mesmo que o lixo. E quem votou nele que comece a perceber a grossa asneira que nos fez, porque mais cedo que tarde vamos todos esmagar-lhe a tromba com ela. Estou a falar para ti, GM.

.:GM:. disse...

Eu gosto tanto de anónimos que falam para mim. Porque os cobardes são assim: anónimos. E ignorantes. Para tua informação, sou apartidário. Mas não sou claramente de esquerda. Para tua informação, vivo bem. Vivo mesmo bem. À minha custa. E passo ao lado desta recessão porque desde 2009 que me comecei a precaver nesse sentido e a apostar com alguma exactidão no caminho certo. Não tenho nada a ver com o governo, nem ganho absolutamente nada com eles. Nada. Nem votei no PPC. Muito menos votaria no Sócrates. Só quem n tem consciência, votaria no Sócrates. Só quem olha para o seu umbigo, ou nem isso, votaria no Sócrates. Só quem vive na ilusão, é capaz de culpar o PPC pelas medidas que estão a ser tomadas esquecendo os anos de governação do PS que devido ao seu despesismo e à situação em que deixou as finanças do país obriga agora a estas medidas. Mas tu deves ser daqueles que prefere continuar com o cu sentadinho na sua cadeira a coçar a micose, a ganhar o seu e a tomar o seu emprego como garantido vitaliciamente pelo facto de trabalhar para a função pública. Certamente preferirias que sem a tomada destas medidas, daqui a 6 ou 8 meses pura e simplesmente não houvesse dinheiro para pensões, reformas, salários, etc. Sim, porque o PPC em 4 meses ou lá o que é de governação é que transformou este país em lixo. Não foi o PS com anos a fio de governação irresponsável. Haja coerência! Sois uns líricos. Vocês são todos muito bons a criticar, mas não vejo ninguém a apresentar alternativas credíveis. É o povinho Português no seu melhor. Se tivessem sido mais inteligentes e visionários há uns anos atrás, talvez agora fosse diferente. Agora comes o que semeaste. E irás continuar a comer.

Rosa disse...

Como disse o velho Winston Churchil, "A democracia é o menos imperfeito de todos os sistemas políticos". É graças a ela e ao nível dos directores deste blog que o seu insultuoso comentário foi aceite.
Mas respeite as pessoas que não concordam consigo, por favor.

Anónimo disse...

Não sei onde o GM assim nomeado tem o cu sentado, esqueceu-se de nos dizer. Mas, atendendo ao paleio e ao facto de ter conseguido despreocupar-se com o futuro desde há dois anos para cá, ou ganhou o euromilhões ou tem o cu sentado no trabalho escravo de trabalhadores pagos com salário de miséria, não pagando impostos e mamando subsídios europeus. Ou será talvez proprietário de um colégio privado. Ou será que escapou à malha, bem larga de resto, com que cercaram o BPN/PPD/PSD?
Tudo tem uma explicação. Estejamos tranquilos, ele vai esclarecer-nos.

João Braga disse...

Ó senhor Anónimo das 10:28:00 AM, ao menos tenha a coragem de se identificar.
Teve a resposta do .:GM que merecia, e enfiou a viola no saco.
E ainda por cima quando afirma que "...desta espécie de País, que de momento vale o mesmo que o lixo." deve estar a referir-se ao lindo resultado da governação do Sr. Engº Sócrates.
Utilize os seus neurónios um pouco melhor que só lhe ficaria bem, pois esse tom ácido, agressivo e roçar a ameaça não contribuem para a discusssão.
Tudo resto só posso dar razão ao .:GM. Disse a verdade.

Cumprimentos

João Braga

João Braga disse...

Ó Sr. Anónimo das 10:28:00 AM.
Não tenha medo de se identificar.
Teve a resposta do .:GM que merecia e enfiou a violla no saco, pois há coisas indefensáveis.
E quando diz que "...desta espécie de País, que de momento vale o mesmo que o lixo." deverá estar a referir-se à excelsa governação do Sr. Engº Sócrates, presumo, ou terá sido algum engano da sua parte? Anda baralhado?
E já agora, podia parar um pouco para pensar e não utilizar esse tom ácido, a roçar a ameaça, porque simplesmente não conriubui para o debate.
De resto o .:GM disse tudo. A verdade.

Cumprimentos

João Braga

.:GM:. disse...

Anónimo, o que ganho não é à custa de niguém "explorado", não é à custa de subsídios - que nunca vi na minha vida. É à minha custa e à custa do meu trabalho e à custa de uma estratégia empresarial e de gestão que se tem demonstrado acertada. Mas a vossa inteligência é tão limitada que julgam que o trabalho e o sucesso do mesmo está sempre associado à exploração de terceiros. Daí estarem dependentes do estado para vos continuar a pagar subsídios de desemprego, rendimentos mínimos e sei lá o que mais. Felizmente, nunca recebi um único cêntimo ilegal ou estatal, nacional ou estrangeiro. Mas a vossa velha máxima é sempre que quem se safa tem algo a esconder, andará a fazer algo por outro lado. Acordem. Abram os olhos. Há uma coisa dentro das vossas cabecinhas - ou deveria haver - que se chama cérebro. Que tal quebrarem a monotonia e utilizá-lo por uma vez que seja???