segunda-feira, setembro 19, 2011

Lord Espada, sai à rua e faz a tua própria sondagem

      "Esta prioridade nacional parece ter sido percebida pelos eleitores, mais do que propriamente pelos partidos da oposição. Numa recente sondagem internacional promovida pelo German Marshall Fund, os portugueses surgem à cabeça da lista dos que são favoráveis a reduções na despesa do Estado. Que o Partido Comunista e o Bloco de Esquerda não percebam isto, é compreensível. Mas que os socialistas, que negociaram o acordo com a troika, aparentem não querer perceber é incompreensível e pode vir a ser imperdoável."
        Lord Espada, hoje no Público

    A direita anda entusiasmada com a sondagem do German Marshall Fund. Se é só para nos endrominar, percebe-se. Mas se a própria direita se convence, pode vir a dar-se mal com os resultados da sondagem.

    É que esta sondagem, na qual os portugueses surgem como o povo que mais apoia cortes na despesa, assenta num equívoco: quando se ouve falar em cortes na despesa, a maioria dos portugueses pensa em “gorduras”. Se o inquérito fosse mais longe e perguntasse que tipo de despesas tinham em mente, era ver saltarem os exemplos das flores, das mordomias e dos motoristas no topo da lista. Em suma: os portugueses foram no engodo da austeridade só para o Estado.

    Experimente o Lord Espada ir ler o seu artigo em voz alta para as filas dos centros de emprego. Ou para as urgências dos hospitais. Seria capaz de ter de lá ficar por uns tempos.

    3 comentários :

    Anónimo disse...

    De facto os portugueses são de "manias". Basta tentar ver os assuntos, temas, palavreado que lhes interessa.
    Pessoalmente, com muita pena minha, posso verificar que pessoas que me estão próximas são favoráveis ao desmantelamento do SNS, mas pedem um atestado médico ao dito cujo que vive no prédio...
    Lamentavelmente os portugueses não pautam as suas ideias de forma pensada, mas antes em "derivado de".
    É por isso que, conforme o que se queira... é só dar o mote. E o mote pode virar de um dia para o outro... como é óbvio.

    Leonor Pinto

    ZéBonéOaparvalhado disse...

    Há muita contra informação para endrominar os incautos...como a Tv Marcelo - é como aquela noticia que apela ao PS no governo

    - Isto é, queriam ligar o PS à tralha e assim, arranjavam uma vitima

    O PS deve recontar os VOTOS que estão nos Governos Civis, para darem a machadada final e poderem chamar vigaristas, ladrões e outra coisas mais acabada em ÕES

    O Brasil vão tratar do assunto ao Domingos Lavadinho, já o Gica, esta bem protegido em Inglaterra, com muita pena minha

    Vamos instigar e motivar ... a Recontarem os Votos

    Ana disse...

    LOL Que raio de interpretação está Lord Espada a dar? Qualquer pessoa que viva em Portugal sabe que os portugueses querem ver a despeza reduzir, mas é a despeza com os deputados, com os ministerios... não é a despeza com a saúde ou a educação, por exemplo.
    A primeira coisa que um tuga insatisfeito diz é "os deputados ganham muito!!". São esses os cortes a que os eleitores se referem.
    Esta gente pensa que andamos todos a dormir na forma e querem manipular-nos. Haja mãe.