sábado, Março 17, 2012

“O nome Sócrates é o santo-e-senha que chama a si toda a sujidade, limpando tudo o resto, agora e para sempre”


Foto Alfredo Cunha/JN


Miguel Sousa Tavares, Diga ‘Sócrates’ e tudo se explica [hoje no Expresso]:
    ‘(…) Todos já vimos demasiado Cavaco para poder ignorar a sua biografia. Este é o homem que não é “político profissional” e que nada mais faz do que política há trinta anos, mas apenas a pensar em si próprio. Este é o homem que teve sempre a arte de aparecer nos momentos fáceis (dinheiros europeus ou vitória eleitoral garantida) e desaparecer nos momentos difíceis (a morte de Sá Carneiro, o primeiro resgate do FMI). O homem que nunca enfrenta os adversários em terreno aberto, mas só quando os sente enfraquecidos ou derrotados. O homem capaz de patrocinar, tolerar ou calar uma conspiração montada no seu palácio contra o primeiro-ministro em funções e depois vir queixa-se de deslealdade deste. O homem que protege os seus aliados, mas só enquanto eles não se lhe tornem inconvenientes. Um homem que, de facto, Sócrates não respeitava. Como Soares não respeitou, como não respeitam Passos Coelho ou Paulo Portas.’

9 comentários :

O Rural disse...

Quantos mais tentam "isolar" o homem, mais ele se agiganta.

Ou, então é ilusão, não é ele o gigante, são os que lhe mordiscam os calcanhares que não passam de pigmeus.

Anónimo disse...

Agiganta ???

Ehehehehehehehehehehehehe !

O men é um tonto !!

Rosa disse...

Goisto do desassombro de MST...e do modo como escreve...

Anónimo disse...

TV - Marcelo, com loja na Maria Pia.

Quanto ao MST...na muge.

Vivem à conta das "exportações" que o governo anterior e a incapacidade remetem para o Sócrates, que para mim, o melhor 1º Ministro depois do 25 de Abril.

Anónimo disse...

Realmente é preciso ser muito "Rural" para gostar do charlatão de boliqueime.

Anónimo disse...

""""O homem capaz de patrocinar, tolerar ou calar uma conspiração montada no seu palácio contra o primeiro-ministro em funções e depois vir queixa-se de deslealdade deste"""

Não se diz do "toucinho ao porco"

O MST ao contrário da tv - Marcelo, tem um comportamento sério e honesto - não estamos sózinhos - essa, é que essa.

Quando o País, no seu todo, souber a verdade do que foi a passagem pela politica da figura de Cavaco Silva.

Hoje repete-se a mesma dose, com agravante da maioria dos portugueses, o futuro - é trabalhar à jorna e ao dia como nos anos 50/60.

Temos um governo feito por maluquezas - não 'prestam para nada

arebelo disse...

O tal "rural"ou desembarcou agora de uma viagem estratosférica,ou foi empurrado para aqui para passar pelo que evidencia:uma arrastadeira paga à linha porque é impossível esconder que o fulano como chefe do governo durante dez anos arrasou totalmente a economia nos sectores chave e de maior valor estratégico com os efeitos agora à vista?

Barata disse...

Leiam no blogue do João Paulo Fafe o que ele escreveu sobre o que chama de "tiro ao Sócrates". Uma analise bem interessante vinda de quem é laranja mas pelos vistos ainda pensa

Barata disse...

Leiam no blogue do João Paulo Fafe o que ele escreveu sobre o que chama de "tiro ao Sócrates". Uma analise bem interessante vinda de quem é laranja mas pelos vistos ainda pensa