sexta-feira, maio 23, 2014

«Só existe o Sócrates, o Sócrates, o Sócrates!»


• Pedro Silva Pereira, A alucinação:
    «Não podendo viver dos méritos do seu Governo, muito justamente detestado por um povo empobrecido e cansado de mentiras, a campanha eleitoral da direita deixou-se tomar pelo desespero e aposta tudo numa teoria ridícula, que remete para a absoluta infantilização da política.

    Para esta direita trauliteira, cega de ódio, a maior crise internacional dos últimos oitenta anos não existiu, o que existiu foi o Sócrates; não houve nenhuma crise do ‘subprime', nem do sistema financeiro, o que houve foi o Sócrates; não houve uma recessão global em 2009, o que houve foi o Sócrates; não houve uma resposta coordenada da Europa à crise que levou ao aumento dos défices e das dívidas para salvar empregos e evitar uma grande depressão, o que houve foi o "despesismo socialista" e do Sócrates; não houve crise grega, nem efeito de contágio às economias da periferia, o que houve foi o Sócrates; não houve falta de solidariedade com a Grécia, nem erros crassos da senhora Merkel, do senhor Trichet ou do senhor Barroso, o que houve foi o Sócrates; não houve crise das dívidas soberanas, nem crise do Euro, houve, sim, o Sócrates; não houve consequências do "chumbo" do PEC IV na descida abrupta dos ‘ratings', na subida dramática dos juros e na ruptura do financiamento da economia e do Estado, o que houve, já se sabe, foi o Sócrates; tal como nunca existiu, jamais em tempo algum, a famigerada coligação negativa de Passos Coelho e Portas com os comunistas e a extrema-esquerda que, no auge da crise das dívidas soberanas, desprezou o apoio do BCE ao PEC IV e, na ânsia de chegar ao poder, provocou a crise política que arrastou Portugal para a ajuda externa, o que houve, é claro, foi o Sócrates! De igual modo, PSD e CDS, já para não falar em Catroga e Durão Barroso, também não participaram, de forma alguma, nem de longe, e muito menos de perto, na negociação do Memorando da ‘troika', onde parece que só está a assinatura inconfundível do incontornável Sócrates.

    Tal como nunca, nem por uma só vez ao longo destes três anos, o Governo de Passos e de Portas enganou os portugueses e foi, ou sequer pensou em ir, "além da troika" - seja nos impostos, seja no corte de salários ou de pensões - antes se limitou, apesar das doze revisões do Memorando inicial, a cumprir à risca, muito escrupulosamente, e sempre a contragosto, o programa "mal desenhado" inicialmente pela ‘troika' e pelo outro, o mesmo de sempre, o maldito Sócrates. O próprio Vítor Gaspar, de quem muito se falou, e que terá escrito, assinado e divulgado uma carta de demissão a confessar o seu completo fracasso, não é certo que alguma vez tenha sequer existido, até por uma razão simples que nem devia ser preciso explicar: só existe o Sócrates, o Sócrates, o Sócrates!

    É notável, embora um bocadinho patético e doentio, este esforço da direita para torcer os factos e a verdade histórica nesta sua campanha alucinada. Mas é preciso cuidado: as alucinações nunca são um bom sintoma e podem ser o sinal de que já se passou para o outro lado. Ver Jean-Claude Juncker, o candidato da direita ao altíssimo cargo de Presidente da Comissão Europeia, referir-se a Cristóvão Colombo como nosso "compatriota" é capaz de ser indício de que toda esta tentativa de reescrever a história já foi um pouco longe de mais.»

22 comentários :

Fernando Romano disse...

Sócrates! Sócrates! Sócrates!

Anónimo disse...

Pois, a diferença é mesmo essa...

Os outros países também estiveram sujeitos a tudo o que foi brilhantemente apontado...mas não tinham Sócrates!!

Anónimo disse...

Sócrates a PM. Já.

Anónimo disse...

A reacção violenta e difamatória a Sócrates é populista, demagógica e primária, o que se desmonta e resolve através da pedagogia. Mas é mais do que isso, pois tornou-se patológica: trata-se de uma obsessão paranóica e compulsiva, resultado de um sentimento muito humano: o MEDO. Mas para resolver esses problemas, há os psiquiatras, porque a solução é clínica en não política.
Desejo-lhes muitos e bons pesadelos protagonizados pelo Sócrates, muitos suores frios e tremeliques e vozes esganiçadas, porque, como referia no outro dia o "Jumento": O CAMPEÃO VOLTOU!!!

Anónimo disse...


É normal e natural que se fale no nome do pulha que conseguiu em 6 anos rebentar com o país, juntamente com a corja de "artistas" que o venerava e pelos vistos ainda o veneram.

Rosa disse...

Sócrates ! ...

Anónimo disse...

Viva Sócrates, viva Sócrates, viva Sócrates!

Anónimo disse...

Força Sócrates!!!!!

Anónimo disse...

Quem será este imbecil ignorante e mal formado?
"É normal e natural que se fale no nome do pulha que conseguiu em 6 anos rebentar com o país, juntamente com a corja de "artistas" que o venerava e pelos vistos ainda o veneram."

Victor Nogueira disse...

Pois, pois ..
Os PEC's I - II - III tiverm o apoio da direita ultra-liberal psd-cds e o voto contra do PC e do Bloco
Naturalmente o PEC IV foi chumbado pelo PC-PEV-Bloco e sócrates/PS traído por Teixeira dos Santos/PS e por Pedro e Paulo do PSD/CDS.
Sócrates nas suas narrativas diz e rediz que foi traído pelo PSD de Pedro Passes de Coelho
Mas a lenga-lenga de cilsco assis sócrates seguro usa sempre a mesma cassete que é a de ocultar que no PEC IV - igual aos anteriores - a "direita ultra-liberal" do psd-cds roeu a corda.
E se em vez de alinhar com o psd com quem cisco assis seguro ana gomes zorrinho admitem vir a governar, corressem com os "traidores" que estão dentro do PS ? Mas isto é como querer sol na eira e chuva no nabal !

ESilva disse...

Pulha? Porventura, o referido pulha também foi chefe do governo na Grécia, Irlanda, Espanha, Itália e até Franca? Então?

Unknown disse...

O Campeão voltou!!!!!! Sempre Sócrates!!!!!

Unknown disse...

O Campeão voltou!!!! Sempre Sócrates!!!!!!!!

Psiquiatra sem mãos a medir disse...




Porra, até parece que politicamente não aconteceu nada neste País desde 23 de Março de 2011!!!



Pois, e... será que aconteceu mesmo?

Victor Nogueira disse...

O Câmara Corporativa aé é um blog com nível, mesmo sabendo-se ao que vem. E a sua caixa de comentários até se distingue, para muito melhor, do que as de alguns jornais de "reverência"
expressamente abertos ao público.

Mas neste post a maioria dos comentários são excepção à regra. Sócrates e a campanha em seu favor mereciam mais.

Anónimo disse...

O imbecil, ignorante, mal formado e acrescento eu, estupido foi exactamente quem postou esta imbecilidade!
Esta aos olhos de todos que a crise nada teve a haver com a accao do Socrates. Essa pode ser medida e avaliada no periodo anterior a crise.
Isto nao pode ser a doreita. Sao os estupidos!!!!

Evaristo Ferreira disse...

Aqui o protagonista é Pedro Silva Pereira que, como sempre, aproveita para desmontar a falsa narrativa do Pedro e do Paulo, e, ao mesmo tempo, aplica no lombo desta gentalha, valentes bordoadas.
Incansável PSP!
Viva Sócrates.

Unknown disse...

Vão ver no you tub as mentiras de socrates 10 minutos admiraveis de contradições, esquecem tão rapido.Depos podem ver as Mentiras do Passos Coerlho que não lhe fica atras.

Anónimo disse...

Já que Silva Pereira termina com uma referência ao esquentador luxemburguês, como lhe chama O Jumento, acrescento que esse fulano, com a sua ignorância, conseguiu insultar a memória portuguesa da Epopeia dos Descobrimentos, e injuriou os socialistas com a comparação idiota que fez.
Mas conseguiu ainda mais: é legítimo perguntarmos como poderá um presidente da comissão europeia ser imparcial para com países governados por socialistas, quando tal pessoa se rege por tão facciosas posições.
Mas ainda em relação à referência imbecil a Cristóvão Colombo, seria bom que lesse a declaração de Walter Alvarez na entrevista publicada no Público de ontem, 22 de Maio:
"Ciência Moderna nasceu com os Descobrimentos portugueses, antes de Copérnico e Galileu".
Quanto aos da AP, o Sócrates deu-lhes a sentença - uma campanha de ódio e imbecilidade. Boa!

vn disse...

A direita quando houve falar de Sócrates saliva como um cão raivoso, reagindo de uma forma pavloviana. Esta reação também revela o medo que Sócrates representa para a direita.
Força Sócrates. Força Pedro Silva Pereira.

Unknown disse...

Era o que mais faltava só porque os outros querem atribuir todas as suas responsabilidades para cima do Sócrates que o Sócrates não fosse responsável pelas politicas que promoveu tb... poder-se-ia talvez dizer que tudo o que o Sócrates assinou na sua ultima legislatura foi assinado também pelo Paços Coelho e em grande parte pelo Paulo Portas... a coisa fica distribuida assim:

Antes de Sócrates: Durão Barroso e Pedro Santana Lopes

e depois...

1º Sócrates
2º Sócrates + Paços Coelho +- Paulo Portas
3º Paços Coelho + Paulo Portas

e os próximos serão...
2015... José Seguro + Paulo Portas

Rui Sousa Pinto disse...

É cobarde quem insulta como Anónimo.

Aposto que tem a opinião mesma opinião do Camarada Luís Filipe Meneses acerca do trabalho fantástico feito em Gaia.

Realmente as pessoas não conseguem ver um palmo à frebte do nariz e deixam-se enganar por duas balelas. foi com o apoio deste tipo de pessoas que os Hitleres deste mundo chegaram ao poder.

Claro que Sócrates tem culpa, mas estes meninos do coro são bem mais incompetentes e estão a arruinar o País bem mais que o Sócrates. Daqui a uns anos vamos ter o retorno deste "queimada" descontrolada, vamos precisar de muitos anos para voltar a ser "gente".