quarta-feira, setembro 24, 2014

Os passes de Passos

Sobre o pedido de Passos Coelho para que seja a Procuradoria-Geral da República a esclarecer se o próprio foi remunerado pela Tecnoforma, vale a pena ouvir, no programa «Pares da República» da TSF, o que é dito por:
    Mota Amaral, que sustentou que o alegado primeiro-ministro já devia ter «espevitado» a memória para esclarecer este caso há mais tempo sem recorrer à PGR;
    Proença de Carvalho, que defendeu, por um lado, que a prescrição excluirá qualquer procedimento criminal e que, por outro, a PGR também não fará qualquer juízo ético-político sobre Pedro Passos Coelho.

5 comentários :

Anónimo disse...

Configurando-se um hipotético crime que está prescrito é óbvio que a PGR não deverá proceder a qualquer investigação. Se o fizer, está a dar corda ao PM, corda que bem puxada pode ir para além das eleições. Estou em crer que o problema de memória do PM não será o de se lembrar se recebeu ou não o dinheiro, mas o de saber onde o depositou.

Anónimo disse...

"não fará qualquer juízo ético-político" Só mesmo para rir! mas alguém lúcido e consciente sem levar uma lavagem cerebral(em que muitos caíram) algum dia tinha duvidas da moral e ética deste emplastro armado em político? Só mm os lambe botas e tachistas, e os grandes beneficiários desta ideologia podem ver neste desalmado 1ºministro alguém com caráter para comandar um pais.
Cavaco, Portas, Coelho, o tridente da desgraça de Portugal! Acordem caralho! nunca vi tanta gente a virar caixotes do lixo e a pedir dinheiro nas ruas do Porto! Tou farto desta merda! ó mota soares não venhas ao porto meu cabrão porque se eu souber tas fodido meu porcalhão aldrabão não tenho nada a perder e olha fico mais caro na prisão (dizem que é +/- €50 por dia) do que a miséria dos €100 por mês de RSI

arebelo disse...

Com uma Justiça com letra maiúscula o alegado primeiro-ministro agora armado em desmemoriado,estava a milhas de recorrer à PGR e esgueirava-se pelas vias esconsas dos bpn,ges,bpi,etc,mais de acordo com as facetas manipuladoras e vigaristas da tríade em que é associado.Por outro lado a cidadão comum vulgo paganini de boas contas,dormiria muito mais descansado com a antevisão da corrida de uma catrefada de vígaros mailo putativo chefe de fila.Mas como a Justiça lusa para lá da congénita incompetência tem provado que só é célere e eficaz com ex-membros do Governo anterior, apaniguados, chefes de família famélicos e pilha galinhas--arvora-se no que nunca foi nem será e entrega-se ordeira e humildemente nas mãos da Justiça superiormente já precavida para evitar mais disparates pela incompetente ministra .Logo,está nas calhas mais uma arrependido com o chorrilho de desculpas que está na moda e que tão bem tem resultado.E siga a marinha que está mesmo a cair mais um clássico futeboleiro.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

E hoje, na SIC N, Bagão Felix juntou-se aos críticos do silêncio de Coelho, muito inspirado na táctica do coiso de Belém.

Luzia Maria de Lurdes Modesto disse...



Isso, um Coelhinho frito, em lume brando, hummm...

Que pitéu!



(Acompanhado talvez por um rico Poiares, maduro, ou outros)