terça-feira, outubro 14, 2014

Viagens na Minha Terra

2 comentários :

Morgado De Basto disse...


Um governo,um presidente,uma maioria e uma comissão europeia,que merecem acabar na cadeia!

Olhemos para um País quase milenar,através da sua dívida,do seu déficit,do seu crescimento,do seu desemprego,das fragilidades da sua economia e da incompetência (ou malvadez?)do actual governo em comunhão com uma comissão europeia,que outra coisa não tem feito que não seja cavar a SEPULTURA em que a Europa acabará enterrada e digam-me se não estamos em presença de gente que trouxe a este País e ao Povo que somos a Peste,a Peçonha e o Veneno.

RFC disse...

... Apenas para sublinhar o post do embaixador Seixas da Costa. Quem deu a cara pelo indecoroso donativo de 25 mil euros do MNE português, no contexto da conferência de doadores para a reconstrução de Gaza, foi o rapaz de La Fontaine. Digo, o Bruno Maçães. E, hoje mesmo, surgiu também na imprensa internacional um ministro israelita, Katz de seu nome, que apresenta aquilo que parece ser o argumentário seguido pelo governo do PSD/CDS. Linko ali em baixo (e fica um argumento comum nesta gramática dos extremistas).

"Prefiro que mil mães palestinianas chorem a que uma mãe judia o faça" - Israel Katz.

http://shar.es/1mCmiT