terça-feira, fevereiro 17, 2015

A fatwa da Manha

O artigo que Paula Lourenço escreveu para o boletim da Ordem dos Advogados provocaria um terramoto num país que não estivesse espezinhado pelos serventuários dos credores externos. A procuradora-geral da República amorteceu a pancada: o Ministério Público «não deixará de recorrer a todos os procedimentos previstos na lei», sempre que «da análise de elementos que venham ao seu conhecimento resultar qualquer indício de ilegalidade ou irregularidade».

O Público parece ter ficado embaraçado com a reacção da procuradora-geral: «Se pretende ou não fazê-lo é coisa que não revela.» O Correio da Manha é que não se fica. Calçadas as botas cardadas, emite hoje a sua fatwa:

9 comentários :

Maria disse...

"não deixou sem resposta uma advogada" (citando o CM), reduzindo uma advogada à insignificância, sem citar o nome. Não lhes interessa dar protagonismo à senhora. O CM mostra bem em que lugar estar. Até lambe o cu aos procuradores se for preciso. Perdoe a expressão, é apenas revolta.

Maria Salgado disse...

Vamos esperar para ver e crer !!

Anónimo disse...

O nacional CULAMBISMO...

Corvo Negro disse...

Já não há qualificativos para qualificar as manhas e artimanhas dos vários bandos que assaltaram os 5 poderes em Portugal. Isto vai ficar mesmo muito feio para quem se "atravessar" no caminho desta gente sem ética, sem princípios e sem alma. Acautele-se quem achar que o deve fazer porque o objectivo é muito claro eliminar tudo e todos os que possam fazer frente à direita nas próximas eleições.

Anónimo disse...

No caso Sócrates?! Mas o nome não era marquês?

Anónimo disse...

Alguém é capaz de pôr aqui o link da CMTV com um tal de Machado a confessar que assaltou a casa do tio de Sócrates?

Corvo Negro disse...

Esta aqui para quem for assinante do pasquim.
http://www.cmjornal.xl.pt/nacional/portugal/detalhe/assalto_revela_offshore_de_tio_de_socrates.html

Anónimo disse...

Se tiver MEO pode rever o programa do pasquim que foi intitulado de" Sócrates e a Extrema Direita".
(Eu fui rever porque não dou audiências a manhosos mas para acreditar no que tinha lido por aqui de que o nazi português,Mário Machado, tinha confessado ter assaltado a casa de um tio de Sócrates a mando de alguém do actual Governo ou próximo dele. Infelizmente, esta parte ficou por esclarecer, embora o pivot tenha prometido que iria fazê-lo. Manha , como sempre , apenas para manter o telespectador na expectativa de saber quem seria o mandante do crime que ainda não está preso e , mais ainda, está bem colocado dentro ou próximo do Governo) . Continuamos "cantando e rindo, felizes, felizes , sim..."

Anónimo disse...

Sinceramente, o que esperavam da filha do amigo do homem da casa da Coelha e irmã do rapaz de Aveiro?