terça-feira, maio 12, 2015

— Portugueses, não se acanhem.


Estão recordados de que José Sócrates (e não só) foi objecto de um indecoroso achincalhamento numa página do Facebook frequentada por juízes e procuradores? O caso chegou ao Conselho Superior do Ministério Público, que decidiu instaurar processos disciplinares aos procuradores envolvidos — tendo a procuradora-geral da República votado vencida, com o argumento de que os comentários publicados não passam de «exercício de "liberdade de expressão"». Se os próprios magistrados não estão inibidos de dizerem a primeira coisa que lhes vem à cabeça, então a procuradora-geral, ao assumir esta posição, está a convocar os portugueses a dar largas à imaginação: — Portugueses, não se acanhem.

17 comentários :

Anónimo disse...

Pois eu, por estas e por outras,gostava de poder cuspir na cara desta canalha ordinária que, supostamente, administra a justiça.
Os processos disciplinares que, parece, lhes foram movidos, não vão dar em nada. É só a fingir que isto é sério.

Anónimo disse...

Pois eu também gostava de lhes conhecer a cara . Desmascará-los para que todos saibamos quem estes cães raivosos são.

Anónimo disse...

Gostava que esta caixa de comentários se enchesse de ideias 'giras' sobre o que fazer, em dias como estes , com esta matilha justiceira.

Anónimo disse...

É sem dúvida perigoso ser do PS e alguma vez depender destes gajos para que se faça justiça em algum processo a que/de que possa ser sujeito. E digo isto sem ser eleitor do PS. Sou mais à esquerda, ou melhor, sou de esquerda.

Não são de confiança. Claramente.

João.

Anónimo disse...

A Sofia Fava não tem nada que se arrepender do que chamou à PGR, que é irmã do carrasco de Aveiro.
Só não se sente quem não é filho de boa gente. E, pelos vistos, esta maralha justiceira que não sabe aplicar as regras dum Estado de Direito, é toda bastarda.

Anónimo disse...

Ora cá vai uma sugestão:
Um abaixo assinado pedindo que a PGR passe a levar a cesta dos pregos nas procissões de Sexta-Feira Santa. Tem mesmo boa cara para isso.

Olimpico disse...

Estou cheio de avisar.O PS que se acautele.Houve algumas tentativas de decapitar toda a sua direção ( algumas vezes). Pela linguagem, implantou-se em algum poder judicial
Uma certa ideologia de extrema direita, que pensa como o juiz (ministro egípcio) Só pode chegar a esse lugar filhos de " pessoas prendadas" Será que já chegamos aqui?
Pcp/be um dia se arrependerão do "crime" que cometeram, entregando o poder às CASTAS...A Sra. PGR deu o seu apoio, não tendo ficado, mais uma vez mal na foto. Eu não queria acreditar no que se falavam, sobre a " casta" blogueira. E é para acreditar ?

Anónimo disse...

Isto chegou a um ponto em que já nem disfarçam, estão à vontadinha e o mundo é deles. Que corja.

ana

vn disse...

Proponho que os magistrados em causa sejam identificados com o seu próprio nome. É preciso pôr o nome aos bois. Não referir o nome próprio é permiti-lhes que passem entre os pingos da chuva.

Anónimo disse...

Sofia Fava não se acanhou. E BEM!

Anónimo disse...

É a liberdade de expressão, habituem-se.

Fernando disse...

Como dizia o Homem Aranha, grandes poderes acarretam grandes responsabilidades.

A ofensa (imbecil, registe-se) de Sofia Fava pode custar-lhe a prisão, já que é um crime usar da "liberdade de expressão" para atacar um Procurador.

Se a PGR fosse coerente devia também não minimizar esse mesmo tipo de ofensa, quando é feita por um Procurador. Se é um legitimo uso do direito de liberdade de expressão porque é que um crime quando o alvo é um Procurador ?

André disse...

O fascismo regresssará, como sempre, travestido de liberdade.

Anónimo disse...

Quem defende estes meliantes que hoje dominam a justiça é por que também faz parte da quadrilha..só pode! Como dizem alguns comentadores aqui e muito bem: O PS que se acautele e o PCP e BE também..que despertem de vez por que o fascismo está aí com mais força do que nunca e a esquerda toda tem muita culpa disto por que andou a dormir enquanto eles minavam o terreno democrático e se fortaleciam!M.

Anónimo disse...

baratas,

Onde é que se pode fazer "like" naquele texto?

Ermelinda Santos Silva disse...

A cama deles também já está a ser feita.
Nunca estiveram tão expostos. Morderam o isco de quererem ser vedetas dos tablóides. Isso vai acabar com eles.

Rino Ceronte disse...



Atenção: na cúpula do sistema judicial português ainda vigora o 24 de Abril! E foi precisamente dentro dela que se gizou o presente contra-ataque ao Estado democrático de Direito.

Não subestimem estes facínoras. Muita cautela:

«Para matar uma víbora, nunca lhe pisem a cauda! Só vão conseguir que ela vos morda raivosamente e vos mate a todos, um por um. Logo à primeira, têm de acertar-lhe em cheio na cabeça, com o peso todo aplicado no calcanhar»...