segunda-feira, novembro 09, 2015

Bloomberg desmente imprensa alarmista

    «Posto assim, até é triste. Mas a verdade é que Portugal não tem nada de especial. Refiro-me à evolução recente das taxas de juro da dívida pública (ver gráficos abaixo, retirados há pouco do site da Bloomberg). A não ser que o acordo entre as esquerdas portuguesas esteja a afectar o futuro de Espanha e de Itália, a evolução dos juros sobre a dívida nacional tem muito pouco a ver com o que está a ser discutido na AR. As devidas desculpas à imprensa alarmista pelo mau jeito.»

5 comentários :

Graça Sampaio disse...

Boa!!!

Anónimo disse...

Já enjoa ouvir repetidamente os pafiosos e seus lambe-cús teimarem que eles é que têm direito a governar!
E ainda por cima são burros teimosos, não entendem que ninguém quer ajudá-los, todos querem é vê-los pelas costas?!
Irra, vão mas é pentear macacos!

Rosa disse...



Enorme cabala??

arebelo disse...

A ofensiva em curso vai recrudescer,agora que os pafiosos se convenceram que o pote já era!E o que se viu hoje no parlamento foi apenas o introito de uma missa que será cantada a muitas vozes!

Carlos Martins, Neca disse...

Hoje, 10 de Novembro, o jornal das 08:00 do canal 3 da RTP no resumo de ontem das intervenções na Assembleia Nacional, apresentaram 5 ou 6 intervenções doa pafiosos, 1 do PCP, 1 do BE e 1 dos Verdes, 0 do PS e apenas meia dúzia de palavras do A. Costa à saída da Assembleia. Mais tarde, bem mais tarde, lá mostraram uma intervenção do Carlos César.
Uma vergonha o canal 3 da RTP. O orelhas tem mais influência do que podemos imaginar.
Quando é que a democracia chegará a este canal? Os outros já sabíamos da parcialidade, mas este que é público, era suposto pelo menos disfarçar; nem isso!