terça-feira, Agosto 23, 2011

Na esteira da profissão mais velha do mundo

António Figueira é, a partir de 1 de Agosto, assessor de Miguel Relvas. O comunista militante do PCP reagiu à alusão a esta supimpa contratação plantando aqui e acolá um post com uma estranha sintaxe.

Ora Figueira ficou dono e senhor do 5 dias após a saída dos jugulares, transformando-o numa caricatura da ortodoxia brejneviana. Agora, ele dispõe-se a suspender por tempo indeterminado a exposição das suas posições radicais para fazer chegar ao povo as elucubrações de Miguel Relvas. Portanto, teremos, a partir de agora, um António Figueira a arranjar argumentos para fazer passar a revisão neoliberal da Constituição da República, a explicar-nos o contributo das privatizações para o progresso do país, a sustentar a bondade dos despedimentos sem justa causa e do plafonamento das pensões de reforma e a justificar o desmantelamento do Estado Social.

Figueira declara que saltou para o colo do ministro da propaganda do governo mais à direita que o país já teve desde o 25 de Abril por ser um profissional catita. Já ouvi dizer que há prostitutas mais selectivas (e não tão em conta, convenhamos).

13 comentários :

Anónimo disse...

Ainda que mal pergunte: o tempo das cerejas já sabe?

Anónimo disse...

vá lá, podia ter argumentado que é uma oportunidade de boicotar o trabalho do ministro. comuna tem justificação para tudo, especialmente quando se trata de meter ao bolso.

Anónimo disse...

Mas qual é a surpressa? Achavam que a Zita Seabra era única?

Ze Maria disse...

Estes "figueiras" são e serão sempre seres despreziveis que nem sequer se dão conta que GENTE que diz NÃO por vezes em situações difíceis e com graves prejuízos das suas vidas são dignos de respeito e admiração. O contrário acontece com gentalha desta laia. Por alguma razão estas "figueiras" não florescem

Anónimo disse...

estranha sintaxe é escrever "a partir de 1 de Agosto". Como já vamos a 20 e tal, talvez devesse ser antes "desde 1 de Agosto".

Anónimo disse...

Este blog dá um sono... Mesmo assim, os canais de televendas são mais íntegros.

Von

Anónimo disse...

tudo o que possa ser problema ou foco de tensão social está contratado ou em vias disso, agora é que vamos ter um governo verdadeiramente popular e representativo com jornalistas, sindicalistas, sem-abrigo, rascas & corajosos.

Anónimo disse...

ó von, se dá sono porquê é que comentas? Tens pesadelos, é?

Anónimo disse...

A coligação negativa está à vista há muito tempo.

Anónimo disse...

Afinal é tudo uma questão de pote

Anónimo disse...

Afinal o rapaz é pago. Aí está a conta daquilo que escreveu a crédito até aqui...

Anónimo disse...

Pelo menos não foi contratado por ser do partido.

Anónimo disse...

Engano seu. Ele sempre foi do partido, estava era a fazer trabalhinho " under cover"