sábado, janeiro 28, 2012

Entretanto…

… enquanto Gaspar, depois de ter colocado o pin na lapela, entreviu um “ponto de viragem” que mais ninguém vê, Passos diz que está tudo catita e Moedas substituiu os telefonemas por escritos que se perdem na tradução, Kenneth Rogoff afirmou em Davos que “we are going to need restructurings in Greece and Portugal is just clear, probably also in Ireland — where it would be enough to do the bank debt — and in Spain probably as well, if you include the private-sector debt, the big banks”.

4 comentários :

Anónimo disse...

O desgoverno de Portugal não quer saber.
Está agora claro que a unica coisa que os move é manter o pote o tempo suficiente para desmantelar a saude, segurança social e educação e entrega-las aos amigos privados que lhes pagam para fazer o servicinho.
Não há ideologia, mesmo que errada, não há rumo, não há saida nem nada disso lhes interessa.
Este governo é o rosto dos que apenas querem safar o seu á custa da destruição do pais.
Espero que quem votou nestes trastes tenha a noção daquilo a que condenou todos nós.

ZéBonéOaparvalhado disse...

Dia da Restauração, deixou de ser evocativo - para mim, que cumpri serviço militar obrigatório, louvado militarmente e com muito orgulho o digo - é para mim, de difícil compreensão, o esconder a data de 1 de dezembro de 1640 - haverá agrado a Castela ou "novos" Vasconcelos estão em marcha?

Outro dia histórico - É a implantação da Republica, quer se goste ou não - foi atirado para o "rol" do escurecimento.

Não é a 1ª vez que os "vasconcelos" nos anulam as nossas raízes históricas a culturais e não será a última.

Este Governo é democratico, mas não para fazer asneiras atraz de asneiras.

Senão sabem bem mais, desapeguem-se

Anónimo disse...

Será que o Moedas compreende mesmo inglês ou só o que ele escreve?

Anónimo disse...

IMPORTANTE:


Some-se a tudo isto a subtil eficácia do trabalhinho sujo dos "sapadores" Seguro e Proença, para o panorama da lusa Vichy ficar bem completo!

E depois admirem-se, quando lhes surgir pela cernelha a besta dos "partisans"...