quarta-feira, Janeiro 11, 2012

Sobre o novo paladino da transparência




Ao fazer zapping, apanhei Marques Mendes, na TVI24, a discorrer, naquele tom sincopado e grandiloquente a que nos habituou, sobre o “bem superior da transparência”. Fui à Wikipédia ver o seu curriculum vitae.

Verifico que Marques Mendes omite ter sido, durante largas temporadas, um colaborador próximo de Isaltino Morais, na qualidade de presidente da Assembleia Municipal de Oeiras, órgão ao qual incumbe fiscalizar a actuação da Câmara Municipal.

Verifico também que Marques Mendes omite que, pela mão de Isaltino Morais, foi nomeado “presidente do Conselho de Administração da Ensino, empresa proprietária da Universidade Atlântica”.

Verifico ainda que Marques Mendes não explica como se tornou “administrador executivo da Nutroton Energias”, que pertence a Joaquim Coimbra, igualmente accionista do BPN e do Sol, o qual foi alçado à comissão política nacional do PSD no consulado do novo paladino da transparência.

Verifico finalmente que Marques Mendes não explica o seu indelével contributo (ao lado de Fernando Nogueira) nos governos de Cavaco Silva (e até no de Barroso) para o que ficou para a história conhecido como o Estado Laranja.

Paulo Magalhães não poderá sair, uma vez que seja, do guião combinado e confrontar o Marcelo dos pequeninos com estes episódios tão pitorescos que o curriculum vitae não trata com o relevo que merecem?

12 comentários :

O rural disse...

Gostei desta do "paladino".

Mas este blog não merece palmas quando aplaude "os providenciais"

Tão maus são uns como os outros.

Anónimo disse...

Omite? Eheheh. Não me digam que o Marques Mendes é que actualiza o seu artigo na Wikipédia?
Isto de procurar CVs na Wikipédia diz tudo sobre a honestidade deste blogue

Anónimo disse...

Pois......

Anónimo disse...

oh da honestidade às 01:52:00! conheces o volume de negócios que o mini mendes tem com o bananeiro? não há massa para pagar às farmácias mas para a biomassa não falta.

Anónimo disse...

Creio que falta recordar o tempo em que o Pof.Marcelo cultivava a amizade com o Isaltino e levava o Marques Mendes a ver o Roland Garros a Paris. Tudo rapaziada fina. E depois admiram-se do estado a que chegou o país.

Anónimo disse...

O "marques mentes" já devia estar com os copos quando falou em transparência pois o que a praxis nos está a mostrar é a opacidade absoluta na actuação desta "corja"(estes sim, uma verdadeira corja!).

Teófilo M. disse...

Já perguntei a muita gente mas ninguém me soube dizer?
Alguém me sabe informar se o Mendes é bom dançarino?

Olimpico disse...

Há gente, ou meia gente...que é/foi "escroque" no governo, e julga que o deixou de ser fora do governo ...Oh Marques, a tua sorte é que temos um povo MANSO e com memória curta!!...
No seu tempo de Antena, bem pago, (TVI24) é um luxo vê-lo defender as suas energias....Lobys ? ou Lobos ?...São todos feitos da mesma massa!!!!...

João Dias disse...

Bem, este blog refinou os seus já admiráveis dotes propagandísticos: temos agora o "guilty by association" conjugado com insinuações vagas e memória selectiva (Teresa Zambujo dir-vos-à qualquer coisa?).

Anónimo disse...

E é sensível aos apelos dos amigos. Terá sido este o caso da sua entrada no BPN. Coimbra é militante do PSD desde os anos 70 e pertenceu a várias direcções nacionais do partido. A curiosidade sobre o discreto empresário aumentara quando se tornou no patrão de Marques Mendes, após a sua derrota na corrida à liderança do PSD. Mendes conduz os seus negócios das energias renováveis (biomassa, fotovoltaica e energia eólica) e terá sido fundamental no envolvimento do empresário na fundação do semanário ‘Sol’.

ESTE É UM EXTRACTO DE UMA NOTÍCIA DO "EXPRESSO". SÓ CONFIRMA. NADA DESMENTE. QUANDO SE É LILIPUTIANO, NUNCA SE CHEGA A SER GENTE (NO SENTIDO DA VERTICALIDADE).

Anónimo disse...

E que dizer dos seus negócios de energias renováveis na Madeira, numa empresa de Silvio Santos (o deputado do PSD/Madeira com o exclusivo das iluminações de natal) e de Joaquim Coimbra, outro social-democrata do BPN????

Anónimo disse...

Este ultimo comentario do Joao dias tem pinta de ter sido produzido pelo a figueira... Por mao própria