segunda-feira, Março 29, 2010

Homens e mulheres de sorte [4]



Se a carreira de entertainer do Prof. Marcelo está coroada de êxitos, a sua carreira política tem sido um inequívoco fiasco: umas vezes, chega cedo de mais; outras vezes, atrasa-se ou hesita em meter o pé na porta antes que qualquer outro o faça.

A maioria das pessoas mostra-se naturalmente indiferente aos percalços do Prof. Marcelo. Uma há, porém, que certamente torceu para que os planos do político-comentador saíssem, uma vez mais, furados: a investigadora emérita Filomena Mónica — que, de resto, tem o sentido prático de preferir o Feira Nova à Feira do Livro.

Tendo em conta que, na sequência dos últimos acontecimentos, o Prof. Marcelo já só poderá vir à tona lá para 2016, vamos tê-lo seguramente mais uma meia dúzia de temporadas a preencher o serão de Domingo — com o indispensável croissant acompanhado a vodka.

3 comentários :

Anónimo disse...

chic e alcoólico.

aviador disse...

Lá se vai o figado da doutora!

Anónimo disse...

"Mas já podemos perceber que se trata de uma vingança do eng. Sócrates, o qual terá arranjado, dentro do PSD, uma fila de aliados. " Caganda bebedeira !