segunda-feira, novembro 02, 2015

Temos homem (por uma breve semana)


Calvão da Silva, ministro da Administração Interna, deu um ar da sua graça:

Primeiramente, como cura das almas:
    «Eu fiz questão de começar esta visita pelos cumprimentos de condolências à pessoa… à família da pessoa enlutada. Era um homem que já tinha vindo do estrangeiro, tinha 80 anos, fica a sua mulher Fátima. Ele, que era um homem de apelido Viana, entregou-se a Deus e Deus com certeza que lhe reserva um lugar adequado.»

Depois, como angariador de seguros:
    «Verifiquei que há muita gente que diz que já accionaram os seus seguros. Fantástico! As pessoas já estão hoje conscientes de que há outros mecanismos para além dos auxílios estatais. Cada um tem um pequeno pé de meia, em vez de o gastar mais aqui ou além, paga um prémio de seguro.»

17 comentários :

Anónimo disse...

Daqui a uma semana, esperemos poder desejar-lhe paz , descanso e um futuro em segurança terrena de volta a Coimbra.

Anónimo disse...

Ao ouvi-lo este gajo de início fiquei com dúvidas se era o Ministro da Administração Interna ou se era o Padre da Freguesia de Boliqueime.
Mas depois, quando chegou à parte dos Seguros pareceu-me o cangalheiro lá da terra.

Anónimo disse...

Tags: Seguro, Fátima, Deus, Natureza, Demónio ("fúria demoníaca"), Silva.

Fernando Romano disse...

Está de passagem, mas
já está de olho
no dinheiro (pé de meia) que o povo tem.

Anónimo disse...

SENISTRO!

Anónimo disse...

Hehehe... Como é q é possível uma coisa destas chegar a Ministro???

A tragicomédia continua...

O q vale é q já só faltam 15 dias.

Apre, q Portugal nunca teve um governo tão incompetente.

Anónimo disse...

Pela amostra vai ser uma semana catita. Boa estreia. Que ao menos se possa rir um pouco antes de sabermos a heran;a miser
avel que este governo deixa.

RFC disse...

... literalmente é de morrer a rir!, disse e mantenho.

Pense-se que este é um governo amparado pelo Cavaco Silva e que o fez militantemente, lembre-se o que dele disse o incomodado Lobo Xavier na SIC N que é um dos destacados membros da Opus Dei no activo e que conhece bem as sacristias («o dr. Calvão da Silva é muito mais do que o parecer jurídico sobre os 14 milhões do Ricardo Salgado», cito de memória) e, por fim, junte-se o pormenor das altas funções que ele desempenha actualmente no PSD.

Que o Passos Coelho tenha escolhido alguém com o seu perfil, sabendo ao que ia, representa duas coisas: que o Calvão da Silva conseguiu o pleno do agrado geral entre a PàF; e que é um sintoma do autismo político que guia o PSD/CDS até a farsa acabar.

E do simbolismo de Boliqueime, nada?

Anónimo disse...

Fiquei a saber que o morto é a "pessoa enlutada".
A sério, aonde é que o Passos foi desencadear este pregador ?
Como disse a Constança cunha e Sá "só faltou ele falar em construir uma Arca de Noé para nos protegermos da fúria demoníaca da natureza que não é amiga".

Anónimo disse...

parece uma testemunha de Jeová a falar. Ainda bem que a trampa de discurso tem uma semana de prazo de validade. Eu desconhecia este sacristão do PSD.

Anónimo disse...

Ter uma pessoa como esta como ministro, mostra o nível de lixo que é este governo. É mau de mais para ser verdade. mas para mal dos nossos pecados é mesmo verdade.

Morgado De Basto disse...

Avida politica portuguesa,está um espanto!Com gajos como este sacristão de paróquia de aldeia do século XIX,esta gaita vai ser de partir o coco.Esta gente,definitivamente,perdeu o sentido do ridículo e já não se enxerga.É este Miserabilismo Existencial e Comportamental que os Franciscos Assis andam a defender até ao rasgar das vestes?Esta maralha, ensandeceu de vez?Provavelmente,se não acontecer rápido e em força um Freio nesta porcaria, caminharemos para o reino da Trampa.

Júlio de Matos disse...



Há muito tempo que a vida política portuguesa não me fazia lembrar tanto o 24 de Abril. Político, social, económico e merdiático...

Anónimo disse...

De onde tiraram mais este cromo beatão e vendedor de banha da cobra??? Que falta de respeito absoluto pelas pessoas que foram vítimas desta tragédia e da incompetência absoluta de troca tintas insensíveis como este. Destroem o país e ainda colocam a culpa no clima e em Deus...ui, daqui a nada a cavaca está a dar ordem ao Lima para se por em contacto telefónico com Deus e lhe passar um forte raspanete pois anda a portar mal com os portugueses!M.

Anónimo disse...

O que eu adorei foram os saltinhos de galochas, parecia uma criança desorientada, a pisar a lama, a chapinhar nas poças, a entrar nos covis e nos bas-fonds de Albufeira a despropósito, acenando e sorrindo às criancinhas. Um papelinho!

Teixeirado Porto disse...

Não sejam maus. O senhor esta em estado de graça e ele tem o direito de ser santo.

Anónimo disse...

Vamos lá a ser sérios. Devemos agradecer ao sr. ministro. É que a malta já não se ria tanto desde o tempo do tomás.