domingo, janeiro 25, 2015

Do lado certo da História

10 comentários :

Ricardo António Alves disse...

Inegável, mesmo para quem, como eu, nunca foi soarista.

Gungunhana Meirelles disse...

A propósito de lado certo e lado errado:

HYPOCRESIA

Rosa disse...



Bela foto...do lado certo, mesmo!

Anónimo disse...

Ontem, foi um dia histórico para a Europa.
Foi o princípio do fim do medo e da chantagem. Foi o princípio do fim da miséria a que a direita nos trouxe. O povo é quem mais ordena!
Histórica esta foto, também.
Viva a Democracia!!!

Anónimo disse...

o único.

Anónimo disse...

E eu a pensar que o PASOk tinha tido 4%!!!

Lol, vocês são mesmo vendidos!

Código da Estrada disse...



PERIGO: ARRASTADEIRAS!

Anónimo disse...

Os socialistas (e não só) puseram a Grécia neste estado, levaram um banho nas urnas que quase desapareceram, e os sucias portugas cantam vitória.
Fantástico

Anónimo disse...

AH Ganda Mário, sempre jovem e dinâmico! Na crista da onda. A encantar!
Pois é, Os povos da velha europa querem algo de novo, estão cansados das velhas formulas e das frases feitas! o PS que não se cuide de tirar as consequências do que aconteceu ontem, .... e ... não ira longe.
O que se passou é altamente favorável ao PS, e extremamente optimista para Portugal! Desde que ....
Dizia ontem a Cavaca: ai Níbal, ele é tão fresco!

Carlos Martins (Neca) disse...

Anónimo, os socialistas que levaram um banho foram os poucos que permaneceram fiéis à austeridade, alguns, muito poucos políticos, daí meia dúzia de votos; Os que contam, ou seja, os votantes socialistas, como eu, representam 90% dos votantes do Syrisa. Note que não foi por geração espontânea que apareceram todos estes milhões de votantes de um dia para o outro, vieram de algum lado; esforce um pouco a mioleira e verá de onde vieram!
Cá bem tentam replicar Syrisas e Podemos mas os portugueses em geral, por mais areia que lhes lancem aos olhos, sabem bem quem quis e tudo fez para termos este casamento da dona austeridade com o Sr. empobrecimento. Quiseram, tiveram e as consequências estão aí.
Agora a conversa de que os socialistas é que provocaram esta situação, enfim, nem quero imaginar se o Durão e o Santana que sem crise mundial deixaram o país como estava, nem quero imaginar, repito, em como estaríamos se eles ainda fossem os governantes quando esta surgiu; Aí, quem nos dera que estivéssemos como a Grécia!